seta Universidade Estadual de Montes Claros - MG | Sexta-Feira, 14 de dezembro de 2018 | relogio 08:52

Capes aprova mais duas propostas da Unimontes: doutorado em Biotecnologia e mestrado em Educação

Doutorado.jpg

A Universidade Estadual de Montes Claros ofertará, a partir de 2019, o doutorado profissional na área de Biotecnologia e o mestrado em Educação. As recomendações foram aprovadas pela Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, do Ministério da Educação, nessa quinta-feira (6/12), e confirmam o incremento da pós-graduação Stricto sensu da Unimontes nos últimos anos. A instituição passa a contar, agora, com 18 mestrados e 4 doutorados próprios.

Somente nos últimos oito anos, que coincidem com a criação da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, a Unimontes teve 15 cursos Stricto sensu aprovados na Capes. A aprovação de novos cursos de mestrado e doutorado considera, principalmente, a titulação e qualidade da produção científica do corpo docente e a infraestrutura e logística, além da qualidade da estrutura curricular e a capacidade em desenvolver pesquisas. Os editais dos respectivos processos seletivos serão publicados no início do ano que vem.

“O crescimento e a consolidação da Pós-Graduação na Unimontes é reflexo do apoio colegiado, das políticas de fomento que envolvem, indistintamente, a Reitoria, Governo do Estado e órgãos colegiados da Universidade e agências de fomento como Fapemig, CNPq, Finep e a própria CAPES”, analisa a pró-reitora de Pós-Graduação da Unimontes, professora Juliane Leite Ferreira.

Segundo ela, é importante associar este crescimento às ações de mobilidade acadêmica, a partir das parcerias internacionais, que são “imprescindíveis e permitem a ampliação do intercâmbio do conhecimento e da expansão da produção científica”.

Ainda em 2018, a Unimontes teve recomendado o mestrado em Botânica Aplicada, cujo processo seletivo já foi aberto e oferece 15 vagas em duas linhas de pesquisa “Descrição e Organização da Flora” e “Uso da Flora”.

DOUTORADO

A aprovação da proposta de doutorado na Capes/MEC reforça ainda mais o trabalho do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Unimontes, que já oferece o mestrado profissional na área – implantado em 2011. Na última avaliação quadrienal da Capes, o curso alcançou o conceito 4. Até o momento, em seis turmas já foram titulados 86 mestres.

Segundo o professor doutor Afrânio Farias de Melo Júnior, do Departamento de Biologia e coordenador do PPGB, serão ofertadas seis vagas anuais a cada processo seletivo, em duas linhas de pesquisa: “Biotecnologia Industrial” e “Uso Sustentável da Biodiversidade”.

Mestrado.jpg

Laboratório / Mestrado Biotecnologia (Arquivo) 

Confira

“Acompanhamos todo o processo de avaliação da CAPES até a aprovação da oferta do doutorado profissional em Biotecnologia. A perspectiva é para que possamos conquistar novas parcerias com as empresas de base tecnológica da cidade e região e, consequentemente, aprofundar os estudos acadêmicos e profissionais associados à Biotecnologia”, depôs o professor.

MESTRADO

Com a aprovação da proposta de oferta do mestrado acadêmico em Educação (Programa de Pós-Graduação em Educação/PPGE), a Unimontes passa a contar com seis cursos Stricto sensu na área de Ciências Humanas. Já possui os mestrados próprios em História, Letras/Estudos Literários e Geografia e os profissionais em Letras e Filosofia.

O novo mestrado é coordenado pela professora Geísa Magela Veloso, do Departamento de Métodos e Técnicas Educacionais, e terá duas linhas de pesquisa: “Políticas Educacionais e Formação de Professores” e “Multiletramentos e Práticas Educativas”. No processo seletivo, com previsão de lançamento do edital nos primeiros meses de 2019, serão ofertadas 20 vagas nas duas linhas de pesquisa.

Dentre outros pontos, a estrutura curricular propõe “discutir o ensino e a aprendizagem como objetos da prática docente”, “análise dos diferentes processos educacionais e práticas pedagógicas”, “problematização das práticas educativas”, “análise das ações educativas”, “estudos da Educação nas perspectivas histórica e política”, “Múltiplos Espaços e a Institucionalização da Escola”, “discussão dos processos de ensino e de aprendizagem como objetos da prática docente” e “análise dos processos e práticas sociais”.

UnimontesCampus Universitário Professor Darcy Ribeiro - Vila Mauricéia - Montes Claros - MG

Acesso Restrito